Revista Portuguesa de Cardiologia
ISSN: 0870-2551

A Revista Portuguesa de Cardiologia, órgão oficial da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, foi fundada em 1982 com o objetivo de informar e formar os cardiologistas portugueses através da publicação de artigos cientí­ficos na área da arritmologia, cirurgia cardí­aca, cuidados intensivos, doença coronária, ecocardiografia, electrofisiologia, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, métodos de imagem entre outros. Trata-se duma revista mensal de elevada qualidade cientí­fica e gráfica, publicada em português e em inglês desde 1999 o que permitiu a sua larga projeção no estrangeiro. É distribuída a todos os sócios da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, da Sociedade de Medicina Interna, da Sociedade de Portuguesa de Pneumologia e da Sociedade de Cirurgia Cardiotorácica, bem como a cardiologistas estrangeiros de renome internacional e a quase todas as sociedades congéneres do mundo. É referenciada desde 1987 na Medline e posteriormente no Índex Copernicius.

Ver mais

Indexada em:

Index Medicus/Medline, Science Citation Index Expanded/Journal of Citation Reports, Scopus

Ver mais

Siga-nos:

Fator de impacto

O fator de impacto mede o número médio de citações recebidas em um ano por trabalhos publicados na revista durante os dois anos anteriores.

© Clarivate Analytics, Journal Citation Reports 2021

Ver mais
Fator de impacto 2021
1,651
Citescore

O CiteScore mede as citações médias recebidas por documento publicado. Mais informação

Ver mais
Citescore 2021
2,2
SJR

SJR é uma métrica de prestígio baseada na idéia de que todas as citações não são iguais. SJR utiliza um algoritmo similar ao page rank do Google; é uma medida quantitativa e qualitativa ao impacto de uma publicação.

Ver mais
SJR 2021
0,239
SNIP

SNIP permite comparar o impacto de revistas de diferentes campos temáticos, corrigindo as diferenças na probabilidade de ser citado que existe entre revistas de distintas matérias.

Ver mais
SNIP 2021
0,531
Ver mais metricas
Ocultar
Número
Vol. 41. Núm. 6.
Páginas 445-520 (Junho 2022)
Original articles
The updated pre-test probability model of the 2019 ESC guidelines improves prediction of obstructive coronary artery disease
Pedro M. Lopes, Francisco Albuquerque, Pedro Freitas, Bruno M.L. Rocha, Gonçalo J.L. Cunha, Ana Coutinho Santos, João Abecasis, Sara Guerreiro, Carla Saraiva, Miguel Mendes, António M. Ferreira
Rev Port Cardiol. 2022;41:445-52
Open access
Original Articles
Editorial comment
Evaluation of myocardial performance index in patients with COVID-19: An echocardiographic follow-up study
Hakan Kaya, Ramazan Asoglu, Abdulmecit Afsin, Hakan Tibilli, Ercan Kurt, Safiye Kafadar, Umut Gulacti, Huseyin Kafadar
Rev Port Cardiol. 2022;41:455-61
Open access
Original Articles
Editorial comment
Myocardial performance index: Is it time to revisit this old parameter in COVID-19 patients?
Ana Teresa Timóteo
Rev Port Cardiol. 2022;41:463-4
Open access
Worrisome trends of ST-elevation myocardial infarction during the Covid-19 pandemic: Data from Portuguese centers
Luís Oliveira, Rui Campante Teles, Carina Machado, Sérgio Madeira, Nélson Vale, Carla Almeida, João Brito, Sílvio Leal, Luís Raposo, Pedro de Araújo Gonçalves, António Miguel Pacheco, Henrique Mesquita Gabriel, Manuel Almeida, Dinis Martins, Miguel Mendes
Rev Port Cardiol. 2022;41:465-71
Open access
Original Articles
Editorial comment
ST-elevation myocardial infarction in the Covid-19 pandemic: A step backward in a success story
Henrique Cyrne Carvalho
Rev Port Cardiol. 2022;41:473-4
Open access
Atherosclerosis in the primary health care setting: A real-word data study
Raquel Ascenção, Joana Alarcão, Francisco Araújo, João Costa, Francesca Fiorentino, Victor Gil, Miguel Gouveia, Francisco Lourenço, Alberto Mello e Silva, António Vaz Carneiro, Margarida Borges
Rev Port Cardiol. 2022;41:475-84
Open access
Original Articles
Editorial comment
Information sources and clinical records: Current challenges
José Eduardo Aguiar
Rev Port Cardiol. 2022;41:485-6
Open access
Long-term outcomes of non-contact multi-electrode balloon catheter mapping-guided ablation of ventricular arrhythmias originating from the outflow tract
Inês Almeida, Ana Lousinha, Pedro Silva Cunha, Bruno Valente, Margarida Paulo, Ana Sofia Delgado, Rui Ferreira, Mário Oliveira
Rev Port Cardiol. 2022;41:487-93
Open access
Original Articles
Editorial comment
This was…outflow tract ventricular arrhythmia non-contact balloon guided ablation
João Primo
Rev Port Cardiol. 2022;41:495-7
Open access
State of the art
Advances in hypertrophic cardiomyopathy: What the cardiologist needs to know
Alexandra Toste
Rev Port Cardiol. 2022;41:499-509
Open access
Case reports
Neurofibromatosis type 1 and pulmonary arterial hypertension: A case report
Marina Raquel Santos, Andreia Micaela Pereira
Rev Port Cardiol. 2022;41:511.e1-511.e5
Open access
Case Reports
Editorial comment
When an affliction doesn’t come alone
Alberto Mello e Silva
Rev Port Cardiol. 2022;41:513-4
Open access
Letters to the editor
Cangrelor as antiplatelet bridging therapy in non-cardiac surgery after percutaneous coronary intervention – First-time use in Portugal
Inês Fialho, João B. Augusto, Susana Fevereiro, Miguel B. Santos, Sérgio Bravo Baptista, David Roque
Rev Port Cardiol. 2022;41:515-7
Open access
Relationship between arterial stiffness parameters and cardiovascular responses to maximal exercise testing in Parkinson's disease patients
Hélcio Kanegusuku, Marilia Almeida Correia, Paulo Longano, Erika Okamoto, Maria Elisa Pimentel Piemonte, Gabriel Grizzo Cucato, Raphael Mendes Ritti-Dias
Rev Port Cardiol. 2022;41:519-20
Open access
Idiomas
Revista Portuguesa de Cardiologia

Receba a nossa Newsletter

en pt

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos

Ao assinalar que é «Profissional de Saúde», declara conhecer e aceitar que a responsável pelo tratamento dos dados pessoais dos utilizadores da página de internet da Revista Portuguesa de Cardiologia (RPC), é esta entidade, com sede no Campo Grande, n.º 28, 13.º, 1700-093 Lisboa, com os telefones 217 970 685 e 217 817 630, fax 217 931 095 e com o endereço de correio eletrónico revista@spc.pt. Declaro para todos os fins, que assumo inteira responsabilidade pela veracidade e exatidão da afirmação aqui fornecida.