Compartilhar
Informação da revista
Vol. 35. Núm. 10.
Páginas 557-558 (Outubro 2016)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Visitas
1890
Vol. 35. Núm. 10.
Páginas 557-558 (Outubro 2016)
Artigo recomendado do mês
DOI: 10.1016/j.repc.2016.08.001
Open Access
Comentário a «CAD‐RADSTMCoronary Artery Disease – Reporting and Data System. Um documento de consenso da Sociedade de Tomografia Computadorizada Cardiovascular (SCCT), do Colégio Americano de Radiologia (ACR) e da Sociedade Norte‐Americana para a Imagem Cardiovascular (NASI). Endossado pelo American College of Cardiology»
Comment on “CAD‐RADS TM Coronary Artery Disease – Reporting and Data System. An expert consensus document of the Society of Cardiovascular Computed Tomography (SCCT), the American College of Radiology (ACR) and the North American Society for Cardiovascular Imaging (NASCI). Endorsed by the American College of Cardiology”
Visitas
1890
Nuno Bettencourt
Unidade de Investigação e Desenvolvimento Cardiovascular, Faculdade de Medicina, Universidade do Porto, Porto, Portugal
Este item recebeu
1890
Visitas

Under a Creative Commons license
Informação do artigo
Texto Completo
Baixar PDF
Estatísticas
Texto Completo

Ricardo C. Cury, Suhny Abbara, Stephan Achenbach, Arthur Agatston, Daniel S. Berman, Matthew J. Budoff, Karin E. Dill, Jill E. Jacobs, Christopher D. Maroules, Geoffrey D. Rubin, Frank J. Rybicki, U. Joseph Schoepf, Leslee J. Shaw, Arthur E. Stillman, Charles S. White, Pamela K. Woodard, Jonathon A. Leipsic, Edição simultânea (publicação online a 15 de junho de 2015) em: Journal of Cardiovascular Computed Tomography ‐ JCCT 10 (2016) 269e281. JACC Cardiov Imaging. DOI:10.1016/j.jcmg.2016.05.005. JACR DOI: 10.1016/j.jacr.2016.04.024

Abstract

The intent of CAD‐RADS Coronary Artery Disease Reporting and Data System is to create a standardized method to communicate findings of coronary CT angiography (coronary CTA) in order to facilitate decision‐making regarding further patient management. The suggested CAD‐RADS classification is applied on a per‐patient basis and represents the highest‐grade coronary artery lesion documented by coronary CTA. It ranges from CAD‐RADS 0 (Zero) for the complete absence of stenosis and plaque to CAD‐RADS 5 for the presence of at least one totally occluded coronary artery and should always be interpreted in conjunction with the impression found in the report. Specific recommendations are provided for further management of patients with stable or acute chest pain based on the CAD‐RADS classification. The main goal of CAD‐RADS is to standardize reporting of coronary CTA results and to facilitate communication of test results to referring physicians along with suggestions for subsequent patient management. In addition, CAD‐RADS will provide a framework of standardization that may benefit education, research, peer‐review and quality assurance with the potential to ultimately result in improved quality of care.

Comentário

Na última década, a coronariografia por tomografia computadorizada (AngioTC coronária) impôs‐se no armamentário diagnóstico ao dispor do cardiologista. A sua elevada sensibilidade e excelente valor preditivo negativo transformaram‐na no principal método de escolha para exclusão de doença coronária em pacientes com probabilidade intermédia‐baixa, nomeadamente após uma prova de esforço eletricamente positiva ou após testes funcionais discordantes com a clínica. Vários grandes estudos demonstraram a utilidade clínica da AngioTC coronária, incluindo os recentes estudos prospetivos multicêntricos PROMISE e SCOT‐HEART e quatro ensaios clínicos aleatorizados: CT‐STAT, ACRIN‐PA, ROMICAT II, e CT‐COMPARE. No entanto, até à data, não havia uma referência estandardizada de comunicação dos resultados de um exame de AngioTC coronário, o que potencia uma certa subjetividade de interpretação e, para o médico referenciador, dificuldades acrescidas em termos de orientação clínica pós‐teste.

Baseando‐se em casos de sucesso de outras áreas da medicina, como a mamografia e a imagiologia do fígado ou do pulmão, em que a implementação de um sistema padronizado melhorou muito a comunicabilidade entre clínicos e a adoção de medidas pós‐teste adequadas, as três principais sociedade médicas da área (Society for Cardiovascular Computed Tomography [SCCT], American College of Radiology [ACR] e North American Society for Cardiovascular Imaging [NASI]) desenvolveram um documento de consenso que viria a ser endossado pelo American College of Cardiology e que visa a padronização de relatórios para a angiografia coronária (CCTA), como forma a melhorar a interpretação dos resultados e a orientação terapêutica subsequente.

A classificação CAD‐RADS segue uma lógica de aplicação «por paciente» e representa a lesão coronária com maior grau de estenose documentada pela AngioTC coronária, apresentando «modificadores» que facilitam a descrição da coronariografia de pacientes com stents e/ou revascularização cirúrgica prévia. Os autores recomendam que a classificação seja anunciada como parte integrante da conclusão do relatório de AngioTC coronário, fornecendo recomendações específicas de orientação pós‐teste.

Espera‐se que este documento contribua para uma melhor utilização da técnica e rentabilização de todas as suas potencialidades, pelo que é imprescindível que seja adotado de forma generalizada, e que os clínicos se familiarizem com a nova classificação e as suas implicações em termos de orientação clínica.

Conflito de interesses

O autor declara não haver conflito de interesses.

Nota: O artigo completo pode ser obtido de forma gratuita através do portal da Society for Cardiovascular Computed Tomography (Journal of Cardiovascular Computed Tomography), ou através da publicação online do Journal of the American College of Radiology, e do J Am Col Cardiol Cardiovascular Imaging.

Copyright © 2016. Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Idiomas
Revista Portuguesa de Cardiologia

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas
en pt

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos

en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.